Posts Marcados: amor

Flagrante

      De uma coisa eu tenho certeza: se um casal se separa, alguém tava pegando alguém por fora. É batata. Um homem não vai largar a mulher com quem escolheu se casar para ficar na mão. Com certeza,

Flagrante

      De uma coisa eu tenho certeza: se um casal se separa, alguém tava pegando alguém por fora. É batata. Um homem não vai largar a mulher com quem escolheu se casar para ficar na mão. Com certeza,

A quatro mãos

  No teu sopro, crianças correndo no jardim. No meu, viagem de dez horas.   Nos teus olhos, caleidoscópio. Nos meus, caixa de fósforo vazia.   Nos teus ouvidos, risos, estouros de bexiga. Nos meus, latido de cão.   Nos

A quatro mãos

  No teu sopro, crianças correndo no jardim. No meu, viagem de dez horas.   Nos teus olhos, caleidoscópio. Nos meus, caixa de fósforo vazia.   Nos teus ouvidos, risos, estouros de bexiga. Nos meus, latido de cão.   Nos

Provocação

                                  Meu desejo Lambuza tua alma De vontades E verdades   Imagem: Paulo Amoreira

Provocação

                                  Meu desejo Lambuza tua alma De vontades E verdades   Imagem: Paulo Amoreira

O fim

Jonas não tinha nenhum amigo. Só podia ser.  Que outra explicação havia para o fato de ele não saber os truques mais básicos para dar um pé na bunda de alguém? Estava diante do juiz e precisava explicar tamanha ignorância.

O fim

Jonas não tinha nenhum amigo. Só podia ser.  Que outra explicação havia para o fato de ele não saber os truques mais básicos para dar um pé na bunda de alguém? Estava diante do juiz e precisava explicar tamanha ignorância.

Lápis por Elisa Xyz: modifiquei a orientação da foto (Sheila Boesel)

Poeminha ParaTi

Amado namorado traçado a lápis És minha faca e minha metáfora Teu olhar? Meu sal Teu tato? Minha dádiva Teu compasso? Minha viagem Fauno do casco de prata Ao teu lado sou cigarra Teu salto? Meu rastro Teus lábios? Minha

Lápis por Elisa Xyz: modifiquei a orientação da foto (Sheila Boesel)

Poeminha ParaTi

Amado namorado traçado a lápis És minha faca e minha metáfora Teu olhar? Meu sal Teu tato? Minha dádiva Teu compasso? Minha viagem Fauno do casco de prata Ao teu lado sou cigarra Teu salto? Meu rastro Teus lábios? Minha

Lov.u

Eu te amo e a frase ecoa segundos afora Eu te amo e tudo se solucionará Eu te amo e faço dessas minhas últimas palavras Eu te amo e teu cheiro brinca em minhas mãos Eu te amo e quero

Lov.u

Eu te amo e a frase ecoa segundos afora Eu te amo e tudo se solucionará Eu te amo e faço dessas minhas últimas palavras Eu te amo e teu cheiro brinca em minhas mãos Eu te amo e quero

Mutilação

(Imagem: Arte digital kazuhiko Nakamura) Rasgo a pele, viro-a do avesso Não obtenho sucesso. Na vã tentativa de tirar você de mim. Só consigo enxergar o líquido carmim. Que se esvai, percorre meu corpo, Quente feito seu leite Que jorrava,

Mutilação

(Imagem: Arte digital kazuhiko Nakamura) Rasgo a pele, viro-a do avesso Não obtenho sucesso. Na vã tentativa de tirar você de mim. Só consigo enxergar o líquido carmim. Que se esvai, percorre meu corpo, Quente feito seu leite Que jorrava,