Plínio Camillo

Plínio CamilloPlínio Camillo – nasceu em 26 de novembro de 1960. Aos três anos descobriu que as letras tinham significados. Aos cinco, a interrogação. Aos nove, não era sintético. Aos 12, quis ser espacial. Aos 15, conquistou a exclamação. Aos 17 viu os morfemas. Aos 20 estava no palco. Aos 22 se viu como um advérbio. Aos 25 desenredou a Lingüística. Aos 27 redescobriu as reticências. Aos 30, a juventude. Aos 35 recebeu o maior presente: a filha que lhe trouxe a felicidade. Aos 40 desvendou uma ligeira maturidade. Aos 41 volta para Sampa!!!. Aos 45 recebeu o prazer de viver em companhia. Aos 50 anos, usa óculos até para atender telefone. Hoje se diverte escrevendo.

Mantém dois blogs:

O namorado do papai ronca (pliniocamillo.wordpress.com)

Coração Peludo (cervejaerua.wordpress.com)

Lançou o livro: “O namorado do papai ronca” (Este  foi selecionado pelo Concurso de Apoio a Projeto de Primeira Publicação de Livro no Estado de São Paulo do ano passado – ProAC Edital nº 32/2011).

Anúncios

  1. Vilmar Oliveira Carpter

    Sempre leio e gosto!

  2. “Escreva, minha filha, escreva. Quando estiver entediada, nostálgica, desocupada, neutra, escreva (…). Não tenha a preocupação de fazer obras-primas, que de há muito eu já perdi, se é que algum dia a tive.”, Carlos Drummond de Andrade, homenageado da Flip 2012, em carta à filha Maria Julieta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s