Posts Marcados: poesia

A quatro mãos

  No teu sopro, crianças correndo no jardim. No meu, viagem de dez horas.   Nos teus olhos, caleidoscópio. Nos meus, caixa de fósforo vazia.   Nos teus ouvidos, risos, estouros de bexiga. Nos meus, latido de cão.   Nos

A quatro mãos

  No teu sopro, crianças correndo no jardim. No meu, viagem de dez horas.   Nos teus olhos, caleidoscópio. Nos meus, caixa de fósforo vazia.   Nos teus ouvidos, risos, estouros de bexiga. Nos meus, latido de cão.   Nos

Provocação

                                  Meu desejo Lambuza tua alma De vontades E verdades   Imagem: Paulo Amoreira

Provocação

                                  Meu desejo Lambuza tua alma De vontades E verdades   Imagem: Paulo Amoreira

Venda-me

Se nesta terra todos têm Seu preço A cachorrada é toda igual, Muda a coleira e o endereço E honestidade é uma doença A ser tratada com desdém   Então Venda-me A solução Venda-me Quero uma venda para não ver

Venda-me

Se nesta terra todos têm Seu preço A cachorrada é toda igual, Muda a coleira e o endereço E honestidade é uma doença A ser tratada com desdém   Então Venda-me A solução Venda-me Quero uma venda para não ver

Para Nardja

a que me pegou pela mão e me jogou pela escada em aspiral eu que encontrasse a saída no fundo dos olhos. Ela não podia estar ali só para entender, enquanto lágrimas de sargaços molhavam os pés da moça da

Para Nardja

a que me pegou pela mão e me jogou pela escada em aspiral eu que encontrasse a saída no fundo dos olhos. Ela não podia estar ali só para entender, enquanto lágrimas de sargaços molhavam os pés da moça da

Soneto em Síntese

    A Vida A Morte O Azar A Sorte O Sul O Norte O fraco O forte A luz A sombra O meio A paz A bomba O fim.

Soneto em Síntese

    A Vida A Morte O Azar A Sorte O Sul O Norte O fraco O forte A luz A sombra O meio A paz A bomba O fim.

Rubaiyat

  E ao cantar do galo, os homens fora Da taverna gritaram: — Abra a porta! Pois temos pouco tempo por aqui, E depois de partir, ninguém retorna.       And, as the Cock crew, those who stood before

Rubaiyat

  E ao cantar do galo, os homens fora Da taverna gritaram: — Abra a porta! Pois temos pouco tempo por aqui, E depois de partir, ninguém retorna.       And, as the Cock crew, those who stood before

Na casa da avó, Crianças caçam moedas. Garapeiro na esquina.

Na casa da avó, Crianças caçam moedas. Garapeiro na esquina.