Arquivo do mês: março 2013

Doze balas e um torpedo

Um cano de revolver está apontado em minha direção, a poucos centrímetros do meu corpo; uma arma carregada, seis balas ameaçam me atravessar a qualquer movimento em falso; meus bolsos já descarregados de carteira, cartões, celular e chave do carro.

Doze balas e um torpedo

Um cano de revolver está apontado em minha direção, a poucos centrímetros do meu corpo; uma arma carregada, seis balas ameaçam me atravessar a qualquer movimento em falso; meus bolsos já descarregados de carteira, cartões, celular e chave do carro.

Irmã Sol e irmão lua.

  imagem de Wolber Campos   —Feche os olhos e levante.   Sentiu a calça sair. Um revolver na têmpora esquerda.   — Tire a cueca. Não entendeu: coronhada na nuca. Sempre quis ser a Solange. Sol, sua irmã mais

Irmã Sol e irmão lua.

  imagem de Wolber Campos   —Feche os olhos e levante.   Sentiu a calça sair. Um revolver na têmpora esquerda.   — Tire a cueca. Não entendeu: coronhada na nuca. Sempre quis ser a Solange. Sol, sua irmã mais

Exorkismós

O lamento aos poucos bateu em meus ouvidos. Desconversei a audição e foquei na TV. Como o pub da esquina transforma a rua em caudaloso rio de bêbados assim que a madrugada se instala, me convenci de que devia ser

Exorkismós

O lamento aos poucos bateu em meus ouvidos. Desconversei a audição e foquei na TV. Como o pub da esquina transforma a rua em caudaloso rio de bêbados assim que a madrugada se instala, me convenci de que devia ser

A Maldição do Ite

Nasceu miúda, respiração fraca e no primeiro dia de UTI pré-natal foi tomada por uma violenta bronquite. Antibióticos, antitérmicos, vasodilatadores não adiantavam e logo foi agraciada pela rinite, dia seguinte veio a otite, coitada deu até sinusite. A mãe, de

A Maldição do Ite

Nasceu miúda, respiração fraca e no primeiro dia de UTI pré-natal foi tomada por uma violenta bronquite. Antibióticos, antitérmicos, vasodilatadores não adiantavam e logo foi agraciada pela rinite, dia seguinte veio a otite, coitada deu até sinusite. A mãe, de

Mais um filho de Maria

Se ele era malandro? E como!, não perdoava ninguém, mãe, tia, parente nenhum; nem o irmão que sempre ajudava na hora do desespero ele perdoou, também deu o golpe. Sei lá, talvez achasse que não era justo fazer diferença entre

Mais um filho de Maria

Se ele era malandro? E como!, não perdoava ninguém, mãe, tia, parente nenhum; nem o irmão que sempre ajudava na hora do desespero ele perdoou, também deu o golpe. Sei lá, talvez achasse que não era justo fazer diferença entre

Relógio Astronômico de Praga (Detalhe) - Por Vera Kratochvil

Janete Marina Juliana

Uma e doze da madrugada. Janete acorda sacudida pela dor. As pontadas sucessivas impedem seu raciocínio. Tá na hora! Ninguém para acompanhar. Cinco da matina, a menina começa a chorar. De novo? Já vai, tô indo com teu mamá. Dez

Relógio Astronômico de Praga (Detalhe) - Por Vera Kratochvil

Janete Marina Juliana

Uma e doze da madrugada. Janete acorda sacudida pela dor. As pontadas sucessivas impedem seu raciocínio. Tá na hora! Ninguém para acompanhar. Cinco da matina, a menina começa a chorar. De novo? Já vai, tô indo com teu mamá. Dez

Almina

  Da escola até sua casa, Almina gastava em média 15 minutos em seu passo vagaroso de adolescente, despreocupado com o passar do tempo, época em que o decorrer de horas, minutos e segundo é apenas algo que diz respeito

Almina

  Da escola até sua casa, Almina gastava em média 15 minutos em seu passo vagaroso de adolescente, despreocupado com o passar do tempo, época em que o decorrer de horas, minutos e segundo é apenas algo que diz respeito