Arquivos da categoria: Setúbal

This is The End?

“Despedidas não duram muito, não é Clarissa?” E Clarissa abriu a janela, o pesado do céu desabando em seus olhos. Não havia destas frases em sua vida, ela que nunca se despedira de alguém, como se fazia isso? O silêncio

This is The End?

“Despedidas não duram muito, não é Clarissa?” E Clarissa abriu a janela, o pesado do céu desabando em seus olhos. Não havia destas frases em sua vida, ela que nunca se despedira de alguém, como se fazia isso? O silêncio

Provocação

                                  Meu desejo Lambuza tua alma De vontades E verdades   Imagem: Paulo Amoreira

Provocação

                                  Meu desejo Lambuza tua alma De vontades E verdades   Imagem: Paulo Amoreira

#5 Abre a porta, Mariquinha

Era a primeira vez que eu abria a porta para o desconhecido – carteiro e entregador de pizza não contavam, pertenciam à rotina. Por isso a ignorância: o famoso frio na barriga das situações únicas nada mais é que diarreia.

#5 Abre a porta, Mariquinha

Era a primeira vez que eu abria a porta para o desconhecido – carteiro e entregador de pizza não contavam, pertenciam à rotina. Por isso a ignorância: o famoso frio na barriga das situações únicas nada mais é que diarreia.

#4 Sim, eu aceito

“Ligar o notebook é o melhor jeito de mudar sua vida, Nora. Vá pra casa e faça isso já!” A frase de Solange soava sindicalista em piquete, se instalou no ouvido e nada de sair. Foram oito longos minutos até o

#4 Sim, eu aceito

“Ligar o notebook é o melhor jeito de mudar sua vida, Nora. Vá pra casa e faça isso já!” A frase de Solange soava sindicalista em piquete, se instalou no ouvido e nada de sair. Foram oito longos minutos até o

#3 Da arte de jogar areia na própria fogueira

      O que sentia cabia em reportagem da revista Claudia: auto-sabotagem tinha se tornado minha especialidade. Mais uma vez deixava tudo e todos provarem o quanto podia ser tola & incapaz & derrotada. “Você hospedando um estranho na

#3 Da arte de jogar areia na própria fogueira

      O que sentia cabia em reportagem da revista Claudia: auto-sabotagem tinha se tornado minha especialidade. Mais uma vez deixava tudo e todos provarem o quanto podia ser tola & incapaz & derrotada. “Você hospedando um estranho na

#2 Teste do sofá?

  O que fiz levou tempo para ser feito. Eu não era a melhor amiga da internet, mas intuição feminina é melhor que conselho metereológico de mãe: a desdita assoprava que minha vida mudaria ali. Foi numa janelinha do Facebook,

#2 Teste do sofá?

  O que fiz levou tempo para ser feito. Eu não era a melhor amiga da internet, mas intuição feminina é melhor que conselho metereológico de mãe: a desdita assoprava que minha vida mudaria ali. Foi numa janelinha do Facebook,

#1 Fim de festa. Ou início.

A gota d’água que transbordou meu copo escorreu num momento mágico: quando recolhi a octágesima forminha de brigadeiro suja do chão. Ali os vinte e sete anos de casa pra cuidar, o trabalho burocrático de chefe de almoxarifado, os dois

#1 Fim de festa. Ou início.

A gota d’água que transbordou meu copo escorreu num momento mágico: quando recolhi a octágesima forminha de brigadeiro suja do chão. Ali os vinte e sete anos de casa pra cuidar, o trabalho burocrático de chefe de almoxarifado, os dois

Euthanatos

– Então vocês não querem que ela seja reanimada…? A pergunta me fisgou de dentro do livro, a narrativa superada pelo inusitado que se instalava tão próximo. Aguardava a vez de ser atendida na emergência de um hospital, o pós-Carnaval

Euthanatos

– Então vocês não querem que ela seja reanimada…? A pergunta me fisgou de dentro do livro, a narrativa superada pelo inusitado que se instalava tão próximo. Aguardava a vez de ser atendida na emergência de um hospital, o pós-Carnaval

Lov.u

Eu te amo e a frase ecoa segundos afora Eu te amo e tudo se solucionará Eu te amo e faço dessas minhas últimas palavras Eu te amo e teu cheiro brinca em minhas mãos Eu te amo e quero

Lov.u

Eu te amo e a frase ecoa segundos afora Eu te amo e tudo se solucionará Eu te amo e faço dessas minhas últimas palavras Eu te amo e teu cheiro brinca em minhas mãos Eu te amo e quero

Direto da Vida Real: Sem Latir

Cães não voam. Ele devia saber disso. Cães não têm asas. Ele não estava se importando. A calçada estalou quando dois cães a tingiram de vermelho. Nenhum murmúrio se ouviu. Só sobrou o ganido doce da morte Açoitando ouvidos humanos.

Direto da Vida Real: Sem Latir

Cães não voam. Ele devia saber disso. Cães não têm asas. Ele não estava se importando. A calçada estalou quando dois cães a tingiram de vermelho. Nenhum murmúrio se ouviu. Só sobrou o ganido doce da morte Açoitando ouvidos humanos.

Fragmento Amoroso

Estou em um bar com uma amiga. Não direi que as ruas fervilham porque se trata de mais um clichê. Falo de ti. Eloquentemente. O quanto me mimas. O quão me sinto parte de ti. O que nossas conversas revelam

Fragmento Amoroso

Estou em um bar com uma amiga. Não direi que as ruas fervilham porque se trata de mais um clichê. Falo de ti. Eloquentemente. O quanto me mimas. O quão me sinto parte de ti. O que nossas conversas revelam

Quase nada

  O que sei de você É areia fina Bolha de sabão Microscopia que não domino Mas arrisco   O que sei de você Me observa em silêncio Fumaça de cigarro Fabricando melodias Em teus cabelos   O que sei

Quase nada

  O que sei de você É areia fina Bolha de sabão Microscopia que não domino Mas arrisco   O que sei de você Me observa em silêncio Fumaça de cigarro Fabricando melodias Em teus cabelos   O que sei

Neon

Ney, o passado é conta-gotas quando denuncio contigo os medos de amar que a gente bebe às pressas e a secura de ser eternamente de alguém se instala. Ney, veja bem meu bem, sua voz ecoa aqui na minha pélvis,

Neon

Ney, o passado é conta-gotas quando denuncio contigo os medos de amar que a gente bebe às pressas e a secura de ser eternamente de alguém se instala. Ney, veja bem meu bem, sua voz ecoa aqui na minha pélvis,

Unua

Uma tarde de tons quentes inaugurou meu primeiro dia de escola, o esfacelado ano de 1979 sobrevoando sob meus olhos na foto postada no Facebook, meu irmão o culpado, o flashback trazendo prédio pintado de amarelo-gema, Maverick laranja de meu

Unua

Uma tarde de tons quentes inaugurou meu primeiro dia de escola, o esfacelado ano de 1979 sobrevoando sob meus olhos na foto postada no Facebook, meu irmão o culpado, o flashback trazendo prédio pintado de amarelo-gema, Maverick laranja de meu

Caput

Se o cheiro é memória pesada, para mim não é a perfumaria a culpada, os odores da comida são quem mantém a balança sempre em desequilíbrio, a cozinha o espaço que acende diversas imagens de minha infância com meu pai.

Caput

Se o cheiro é memória pesada, para mim não é a perfumaria a culpada, os odores da comida são quem mantém a balança sempre em desequilíbrio, a cozinha o espaço que acende diversas imagens de minha infância com meu pai.

Rafeiro

Quatro patas peludas nunca fizeram parte da rotina até ancorarmos a vida na casa de nossos avós maternos. Na verdade, existiu um filhote de cão que compartilhou alguns dias de sua existência conosco, o chinelo voador de minha mãe encontrando

Rafeiro

Quatro patas peludas nunca fizeram parte da rotina até ancorarmos a vida na casa de nossos avós maternos. Na verdade, existiu um filhote de cão que compartilhou alguns dias de sua existência conosco, o chinelo voador de minha mãe encontrando