Arquivo do mês: maio 2014

Encoste a porta, por favor

Coincidências são bem interessantes. E um início de inverno pode vir a ser um algo pressago. Henrique hora está a mirar-se no espelho. Quem o vê barbear-se então com tamanha maestria, sequer supõe que há um mês atrás se havia

Encoste a porta, por favor

Coincidências são bem interessantes. E um início de inverno pode vir a ser um algo pressago. Henrique hora está a mirar-se no espelho. Quem o vê barbear-se então com tamanha maestria, sequer supõe que há um mês atrás se havia

4-augustin-kassi

Aplique de menos

— Filha, vá já tomar um banho e lavar essa cara. Sorte sua que esse desleixo, essa aparência de velha doida, sai de tu com água e sabão. Sua irmã não tem a mesma sorte, mais nova que tu e

4-augustin-kassi

Aplique de menos

— Filha, vá já tomar um banho e lavar essa cara. Sorte sua que esse desleixo, essa aparência de velha doida, sai de tu com água e sabão. Sua irmã não tem a mesma sorte, mais nova que tu e

Lançamento do livro “Coração Peludo”, de Plinio Camillo

O Escritor Plínio Camillo e a Editora Kazuá convidam para o lançamento da coletânea de contos: “Coração Peludo” Data: 31.5.2014                   Horário: Das 16 às 20hs Local: Rua Espartáco, 499 – Vila Romana

Lançamento do livro “Coração Peludo”, de Plinio Camillo

O Escritor Plínio Camillo e a Editora Kazuá convidam para o lançamento da coletânea de contos: “Coração Peludo” Data: 31.5.2014                   Horário: Das 16 às 20hs Local: Rua Espartáco, 499 – Vila Romana

#1 Fim de festa. Ou início.

A gota d’água que transbordou meu copo escorreu num momento mágico: quando recolhi a octágesima forminha de brigadeiro suja do chão. Ali os vinte e sete anos de casa pra cuidar, o trabalho burocrático de chefe de almoxarifado, os dois

#1 Fim de festa. Ou início.

A gota d’água que transbordou meu copo escorreu num momento mágico: quando recolhi a octágesima forminha de brigadeiro suja do chão. Ali os vinte e sete anos de casa pra cuidar, o trabalho burocrático de chefe de almoxarifado, os dois

Ah tá

Obrigado! Como eu odeio estes cadarços. Se soltam a todo instante. Não adianta apertar bem, dar nós, após alguns passos lá vão eles, os dois, estão novamente soltos. Devem ser mágicos. Seu tênis está desamarrado. Por causa deles as pessoas não

Ah tá

Obrigado! Como eu odeio estes cadarços. Se soltam a todo instante. Não adianta apertar bem, dar nós, após alguns passos lá vão eles, os dois, estão novamente soltos. Devem ser mágicos. Seu tênis está desamarrado. Por causa deles as pessoas não

Lavanda

Lavanda lembra meu pai. Ele sempre gostou do cheiro de lavanda. Em dias de mercado, de comprar produtos de limpeza, essas coisas de casa, ele que nunca pedia nada, o seu único pedido era: – Tem lavanda? Pega o de

Lavanda

Lavanda lembra meu pai. Ele sempre gostou do cheiro de lavanda. Em dias de mercado, de comprar produtos de limpeza, essas coisas de casa, ele que nunca pedia nada, o seu único pedido era: – Tem lavanda? Pega o de

Soneto em Síntese

    A Vida A Morte O Azar A Sorte O Sul O Norte O fraco O forte A luz A sombra O meio A paz A bomba O fim.

Soneto em Síntese

    A Vida A Morte O Azar A Sorte O Sul O Norte O fraco O forte A luz A sombra O meio A paz A bomba O fim.