Posts Marcados: crônica

O prézinho não é nenhum jardim de infância

A tia Jacira era em tudo diferente da tia Hermínia do Jardim II: não usava o cabelo crespo natural cortado curto, nem vestia calça jeans, também não tocava “Aquarela do Brasil” ao violão e tampouco nos deixava desenhar e pintar

O prézinho não é nenhum jardim de infância

A tia Jacira era em tudo diferente da tia Hermínia do Jardim II: não usava o cabelo crespo natural cortado curto, nem vestia calça jeans, também não tocava “Aquarela do Brasil” ao violão e tampouco nos deixava desenhar e pintar

Entre o quem nunca e o alguém já

“Você também pode comprar iogurte pronto, sabia?”, perguntou o meu namorado outro dia. Sim, eu passava por mais um surto de cozinheira amadora. Quem nunca? Ok, ok, alguém já? Senão é só porque você ainda não sabe como as coisas mudaram desde

Entre o quem nunca e o alguém já

“Você também pode comprar iogurte pronto, sabia?”, perguntou o meu namorado outro dia. Sim, eu passava por mais um surto de cozinheira amadora. Quem nunca? Ok, ok, alguém já? Senão é só porque você ainda não sabe como as coisas mudaram desde

A gaveta da redação

  Escrever um texto e não vê-lo publicado é uma frustração. Ainda mais quando dia sim e dia também ele se destaca à nossa vista, como que pedindo para virar público. Além dos meus próprios textos, dei para me sentir

A gaveta da redação

  Escrever um texto e não vê-lo publicado é uma frustração. Ainda mais quando dia sim e dia também ele se destaca à nossa vista, como que pedindo para virar público. Além dos meus próprios textos, dei para me sentir

Sabedoria de mãe

  As fotos da família flanaram do caminhão para a enorme pilha de lixo e se assentaram ali com a delicadeza própria dos Braga. O homem mais velho, agora, parecia ainda mais surpreso envolto na moldura encardida. No sol inclemente

Sabedoria de mãe

  As fotos da família flanaram do caminhão para a enorme pilha de lixo e se assentaram ali com a delicadeza própria dos Braga. O homem mais velho, agora, parecia ainda mais surpreso envolto na moldura encardida. No sol inclemente

Sinal vermelho

O japonês parecia saído de uma caixa de japoneses. A camisa azul desbotada, tendia para o verde. A calça jeans velha e larga se segurava a duras penas ao cinto. Naquele dia nublado, os carros achavam que não deviam dar

Sinal vermelho

O japonês parecia saído de uma caixa de japoneses. A camisa azul desbotada, tendia para o verde. A calça jeans velha e larga se segurava a duras penas ao cinto. Naquele dia nublado, os carros achavam que não deviam dar

Perdido de você

No meio da noite eu acordei e quis saber mais de você. Só que do sofá, onde você me deportou, ficava difícil. Por exemplo, eu não lembrava, se a sua pinta ficava na bochecha esquerda ou direita. Eu só tinha uma pista:

Perdido de você

No meio da noite eu acordei e quis saber mais de você. Só que do sofá, onde você me deportou, ficava difícil. Por exemplo, eu não lembrava, se a sua pinta ficava na bochecha esquerda ou direita. Eu só tinha uma pista:

Laura e o diário

Laura e o diário

Não quiseram acabar com o meu casamento. Foi o que me disseram depois. Por isso não me entregaram o que me cabia. Das suas memórias. Desculpe. Como poderia imaginar que as coisas não aconteciam de verdade como mamãe não se

Laura e o diário

Laura e o diário

Não quiseram acabar com o meu casamento. Foi o que me disseram depois. Por isso não me entregaram o que me cabia. Das suas memórias. Desculpe. Como poderia imaginar que as coisas não aconteciam de verdade como mamãe não se