Arquivo do mês: maio 2013

Dores de Açores

Mar que respinga suas águas salgadas em meu rosto Misturando-se ao sal das próprias lágrimas Que rolam por ti Que foste um dia e não mais regressou. Mar que leva e traz a saudade d’um amor Que nunca acabou. Mar

Dores de Açores

Mar que respinga suas águas salgadas em meu rosto Misturando-se ao sal das próprias lágrimas Que rolam por ti Que foste um dia e não mais regressou. Mar que leva e traz a saudade d’um amor Que nunca acabou. Mar

Sem Cura

Sinto-me seco Secura que não se cura Seca, dura A gente sem sonhos sente a alma tão envelhecida Sinto falta dos meus sonhos Mandei-os embora num dia de chuva e choro E disse que precisava ganhar a vida Hoje sou

Sem Cura

Sinto-me seco Secura que não se cura Seca, dura A gente sem sonhos sente a alma tão envelhecida Sinto falta dos meus sonhos Mandei-os embora num dia de chuva e choro E disse que precisava ganhar a vida Hoje sou

Ângulos agudos

Foto de Frota Escobar Para Amélia, era uma piada enquanto para o filho, uma carteira. Para Bernarda, um desejo como para o irmão, um prejuízo. Para Cintia, um demônio enquanto para a ex-noiva, uma vaga lembrança. Para Dinorá, meiguice como

Ângulos agudos

Foto de Frota Escobar Para Amélia, era uma piada enquanto para o filho, uma carteira. Para Bernarda, um desejo como para o irmão, um prejuízo. Para Cintia, um demônio enquanto para a ex-noiva, uma vaga lembrança. Para Dinorá, meiguice como

Rafeiro

Quatro patas peludas nunca fizeram parte da rotina até ancorarmos a vida na casa de nossos avós maternos. Na verdade, existiu um filhote de cão que compartilhou alguns dias de sua existência conosco, o chinelo voador de minha mãe encontrando

Rafeiro

Quatro patas peludas nunca fizeram parte da rotina até ancorarmos a vida na casa de nossos avós maternos. Na verdade, existiu um filhote de cão que compartilhou alguns dias de sua existência conosco, o chinelo voador de minha mãe encontrando

eu nunca fui santa

(haicais não ortodoxos)

O sol também se levanta para a mulher que nunca foi santa [1] Trocou a virgindade pelas luzes da cidade. [2] Da janela indiscreta chamava os meninos de bicicleta. [3] Consolou o jovem Werther fazendo-lhe um suéter. [4] Se és

eu nunca fui santa

(haicais não ortodoxos)

O sol também se levanta para a mulher que nunca foi santa [1] Trocou a virgindade pelas luzes da cidade. [2] Da janela indiscreta chamava os meninos de bicicleta. [3] Consolou o jovem Werther fazendo-lhe um suéter. [4] Se és

amor de menino

… queria voltar a amar feito menino que ama sem sexo e sem medo menina e menino que ama sua cama, a lancheira e um soldadinho mas nem sabe que ama porque ainda é um menino que ama o salto

amor de menino

… queria voltar a amar feito menino que ama sem sexo e sem medo menina e menino que ama sua cama, a lancheira e um soldadinho mas nem sabe que ama porque ainda é um menino que ama o salto

mercado moderno

  – Passa o celular. – Oi? – Fica de boa e passa o celular. – É comigo? – Maluco, não atrasa o andamento, fala baixo e entrega a merda do celular! – Então, não vai dar, não. – Quê?

mercado moderno

  – Passa o celular. – Oi? – Fica de boa e passa o celular. – É comigo? – Maluco, não atrasa o andamento, fala baixo e entrega a merda do celular! – Então, não vai dar, não. – Quê?