Arquivo do mês: setembro 2013

Cavalos-marinhos

Subindo a avenida Rebouças pela manhã, cercada por carros e pessoas, uma sombra desceu sobre mim. Feito chuva ácida, sua lembrança um pouco desbotada entrou feito flecha no coração. Acertou no alvo abrindo uma ferida que já se encontrava cicatrizada.

Cavalos-marinhos

Subindo a avenida Rebouças pela manhã, cercada por carros e pessoas, uma sombra desceu sobre mim. Feito chuva ácida, sua lembrança um pouco desbotada entrou feito flecha no coração. Acertou no alvo abrindo uma ferida que já se encontrava cicatrizada.

Flor da Pele

Na minha pele pipocaram versos. Imagens sonoras, texturas, ritmos, Até na ponta dos pêlos brotaram Pequenos botões de breves palavras. Procurei uma cura no papel, Fiz da muda caneta minha pá E arrisquei delicada operação De transplantá-los vivos para a

Flor da Pele

Na minha pele pipocaram versos. Imagens sonoras, texturas, ritmos, Até na ponta dos pêlos brotaram Pequenos botões de breves palavras. Procurei uma cura no papel, Fiz da muda caneta minha pá E arrisquei delicada operação De transplantá-los vivos para a

História para Ioio dormir …

Imagem de Vander Silva   O Ioio, o mais novo, ainda resistia. O pequeno omadê ainda queria brincar. Gritar. Bater nos pretinhos.Quinemaminhamãe!!   Paciente, como o chicote manda, Núbia veio devagarinho. Com a autoridade de ama-de-leite dele, pegou pelo mão.

História para Ioio dormir …

Imagem de Vander Silva   O Ioio, o mais novo, ainda resistia. O pequeno omadê ainda queria brincar. Gritar. Bater nos pretinhos.Quinemaminhamãe!!   Paciente, como o chicote manda, Núbia veio devagarinho. Com a autoridade de ama-de-leite dele, pegou pelo mão.

Quase nada

  O que sei de você É areia fina Bolha de sabão Microscopia que não domino Mas arrisco   O que sei de você Me observa em silêncio Fumaça de cigarro Fabricando melodias Em teus cabelos   O que sei

Quase nada

  O que sei de você É areia fina Bolha de sabão Microscopia que não domino Mas arrisco   O que sei de você Me observa em silêncio Fumaça de cigarro Fabricando melodias Em teus cabelos   O que sei

Yoshitoshi, 1887

o que faz o vício ou

comida japonesa em São Paulo pelos meus cálculos (pode dar alguma diferença, nunca fui boa em matemática) já comi um apartamento nos Jardins um estúdio em Paris e uma lancha médio porte.  

Yoshitoshi, 1887

o que faz o vício ou

comida japonesa em São Paulo pelos meus cálculos (pode dar alguma diferença, nunca fui boa em matemática) já comi um apartamento nos Jardins um estúdio em Paris e uma lancha médio porte.  

Quintino

… – Já é o quinto, Quitéria! Melhor esperar vingar pra ver se merece nome. E se mais esse morrer, te juro! Vai pra terra de caixão tatuado: “Aqui jaz Mais Um, o último que Quitéria e Firmino botaram no

Quintino

… – Já é o quinto, Quitéria! Melhor esperar vingar pra ver se merece nome. E se mais esse morrer, te juro! Vai pra terra de caixão tatuado: “Aqui jaz Mais Um, o último que Quitéria e Firmino botaram no

Só sei que foi assim

Então eu estava tomando banho, era depois do almoço, quando a tampa do ralo pulou em cima de mim, bateu no meu cotovelo e depois no vidro. Começou a subir uma água esquisita de lá e quando abaixei para descobrir

Só sei que foi assim

Então eu estava tomando banho, era depois do almoço, quando a tampa do ralo pulou em cima de mim, bateu no meu cotovelo e depois no vidro. Começou a subir uma água esquisita de lá e quando abaixei para descobrir

Domingo:

Eu manhã, Ele almoço. Cama, Rua, Quintal, Televisão, Findamos.

Domingo:

Eu manhã, Ele almoço. Cama, Rua, Quintal, Televisão, Findamos.

Eis o mundo de fora (Cap XIX)

Um hospital é uma hospedaria indesejável. A dor é indesejável, velhice, a doença como anexo e são coisas que um hospital representa. Lurdinha entrou com minha avó na sala para fazer os exames. Preferi ficar do lado de fora, Luis

Eis o mundo de fora (Cap XIX)

Um hospital é uma hospedaria indesejável. A dor é indesejável, velhice, a doença como anexo e são coisas que um hospital representa. Lurdinha entrou com minha avó na sala para fazer os exames. Preferi ficar do lado de fora, Luis

O por quê dos protestos…

  As fifis montaram o piquete na entrada da vila. Mulheres com bobes no cabelo e avental exibiam cartazes. Reivindicavam que dona Abigail se mudasse por não atender o elevado padrão moral da vizinhança. “Imagina, as crianças têm o direito

O por quê dos protestos…

  As fifis montaram o piquete na entrada da vila. Mulheres com bobes no cabelo e avental exibiam cartazes. Reivindicavam que dona Abigail se mudasse por não atender o elevado padrão moral da vizinhança. “Imagina, as crianças têm o direito

intumescido

soberbo urgente ensonado saboroso na promessa e no paladar a pele senhor de si nunca de mim quando só: fecho os olhos e ele vem a vontade já estava lá

intumescido

soberbo urgente ensonado saboroso na promessa e no paladar a pele senhor de si nunca de mim quando só: fecho os olhos e ele vem a vontade já estava lá

A ilha do dia anterior

Havia um barulho de moedas despencando na noite e o bater de asas desarmônico das moscas o azul terno das moscas moribundas. Pareciam sinos entoando tristes melodias e eu pensava em partir, ouvindo o apito urgente dos navios, embora não

A ilha do dia anterior

Havia um barulho de moedas despencando na noite e o bater de asas desarmônico das moscas o azul terno das moscas moribundas. Pareciam sinos entoando tristes melodias e eu pensava em partir, ouvindo o apito urgente dos navios, embora não

Sentença

“De morte cruel padeceu meu Jesus na cruz”. Foi na segunda mordida no pastel de queijo que a frase veio do nada à cabeça de Tiago. Não foi bem do nada. No meio da feira, onde foi comer pastel com

Sentença

“De morte cruel padeceu meu Jesus na cruz”. Foi na segunda mordida no pastel de queijo que a frase veio do nada à cabeça de Tiago. Não foi bem do nada. No meio da feira, onde foi comer pastel com