Venda-me

Eros "vendado", fotografia de Manu

Eros “vendado”, fotografia de Manu

Se nesta terra todos têm

Seu preço

A cachorrada é toda igual,

Muda a coleira e o endereço

E honestidade é uma doença

A ser tratada com desdém

 

Então

Venda-me

A solução

Venda-me

Quero uma venda para não ver

Tantos à venda

Melhor vendado que vendido

Não quero ser mais um bandido

Entre milhões

 

Então

Venda-me

Anúncios

Sobre Rogério Guimarães

Rogério Guimarães nasceu em Santo Antônio da Platina (PR). Gosta de desenhar e tocar violão. Vegetariano não praticante, curte esportes radicais como yoga e tai chi chuan.Busca inspiração para escrever em Pasárgada, Shambhala e na paisagem cosmopaulistana. Participou da antologia de contos Abigail, publicada pela Editora Terracota, e do ebook Geração em 140 Caracteres, editada pela Geração Editorial. Seus próximos livros serão lançados em 2012, se o mundo não acabar.

  1. Rogério que arraso de poema e verdade. Por favor, também estou nessa: venda-me!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: