O que vi

Não, não vi. Quer dizer, eu vi, ou melhor, não sei bem o que vi. Não, também não é isso, eu sei muito bem o que vi. É, eu sei. E vi bem, mas não queria ter visto. Tá bem, é claro que eu queria ter visto, mas não era exatamente isso o que eu queria ter visto. Entende? É sempre assim. Dia após dia. Ele ali na minha frente e eu não querendo ver o que eu vejo.

No espelho, nem sempre vejo o que quero ver. A imagem formada não reflete a que existe na imaginação. Só na minha imaginação. Ali sim, vejo o que eu quero ver. Em qualquer situação. A começar pelos cabelos, penso neles palpitando ao vento como seda seca no varal. Mesmo lá na lua, meus cabelos, de fios de seda desafiariam a falta de gravidade e iriam leves de um lado para outro.

Sim, se pudesse… Os cabelos poderiam ser um pouco mais lisos e um pouco menos rebeldes. E tem também o nariz. Ah, o nariz, um pouco mais fino ali e um pouco menos largo aqui. E os dentes… Como esquecer os dentes… Um pouco mais brancos e um pouco menos tortos. Eu também poderia ser um pouquinho mais alta e muito mais magra. E o que dizer da pele, irrevogável.
Tudo é só uma questão de um pouco menos e um pouco mais. Parece muito esse tão pouco.

Ih, mas tem a roupa também. O embrulho é parte do presente. Aquela bolsa maravilhosa, mais aquele vestido lindo e aquele sapato de matar de inveja até Madre Tereza de Calcutá, deve ser uns cinco mil reais. Aquele batom, aquele blush, mais aquele anel e brinco, levo tudo por uns mil e quinhentos.

Pra ter aquele cabelo dos sonhos, num único dia num bom salão, lá se vão uns mil reais. Ajeitar o nariz, mais uns três mil. Umas cinco sessões de peeling com ácido retinóico para livrar a pele das manchas, uns mil e quinhentos reais pelo menos. Uns vinte dias de spa pode sair por uns cinco mil (chutando por baixo).

Enfim, olhar no espelho e ver que está linda não tem preço. Para todas estas coisas aí de cima existe Mastercard.

– Caramba, mas o problema é que eu não tenho Mastercard.

Anúncios

Sobre sandrareginasantos

Nasceu em Londrina

Um Comentário

  1. Todas nós temos esses momentos diante do espelho não? Muito bom Sandra!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: