Papo Reto

Foto: Jason Pier in DC

Foto: Jason Pier in DC

Não gosto quando ficam chorando. Teve uma mulher que me pediu por tudo que era de mais sagrado. Pelo pai. Pelos filhos. Pelo marido. Disse que todos dependiam dela. Que não era pra eu fazer nada de mal. Que ainda era jovem… Não aguentei o chororô, mano. Foram três pipocos pra calar a sua boca nervosa. Fiquei com tanta raiva. Como pode mendigar a vida assim? Fiz um favor pra todos. Ninguém merece depender de uma mulher daquela. Tá ligado?

Outro dia, mano, teve uma que conversou maneiro comigo. Trocamos altas confidências. Papo reto. A mina me tratou como gente. Não sou bicho. É claro que não aliviei. Levei bolsa, brincos, relógio, celular, beijo, mas tudo na paz. Sem esculacho. Sou profissa. Tá ligado?

E quando vou entrar no carro e aceleram? Aê, que falta de respeito! Mano, eu descarrego o três oitão. Se o camarada consegue ir embora até bato palmas. Parabenizo. Mas já é. A maioria fica no poste. Dificilmente erro. Ao reagir por instinto, reajo por instinto também. Sem dó. Se aviso: perdeu, playboy. É pra quê? É pro cara relaxar, na boa me entregar carteira e celular. Mas o mané quer dar uma de pit bull. Tá maluco? Lutador de jiu-jitsu mando mais rápido pro saco. Pensa que sou otário? Quero ver se no caixão ele leva a merraca que tava na carteira. Sabia que a maioria das pessoas só leva merreca na carteira? A vida de muita gente vale menos de vinte conto. Não se dão valor. Tá ligado?

Esses dias vi na tevê: o velho fingia deixar cair, sem perceber, uma nota de cinquenta. De cada dez pessoas que vinham atrás apenas uma pegava a grana e devolvia ao coroa. E os outros nove o que são? Isso não é assalto? Dizem que o congresso tá cheio de ladrão. Mas, mano, de onde vêm os políticos? Me diga? De Marte é que não são. Saem do nosso meio. Fala sério, isso aqui, na real, é ladrão roubando ladrão. E eu, tá ligado?, tenho quase a eternidade de perdão.

Detido? Ah, mano, se a casa cair não pega nada. Não tem caô. Vou reciclar. A bronca é suave. Tô de volta no primeiro dia das mães ou dos pais, mesmo sem pai nem mãe. Ainda tem o dia das crianças, finados. No mais tardar volto à ativa no Natal. Dizem até que vão criar o oitavo indulto. Será o de Carnaval: do xadrez direto pra avenida. A dona Lei, tá ligado?, é minha amiga.

Vai. Acelera aê. Tá demorando, playboy. Ainda falta o relógio. E no bolso de trás? Deixa eu ver. Não tem mais nada? É isso aí. Valeu!, play. Fica na paz. Fui.

Anúncios

Sobre Gláuber Soares

Gláuber Soares mora em São Paulo. Formou-se em Jornalismo, mas o seu maior erro foi comprar um All Star de cano alto e cor roxa pensando levar azul-marinho. Skatista calhorda, nos finais de semana é possível encontrá-lo no litoral sul, ao pé da serra do Mar, numa casinha verde, próxima do Rio Negro, à procura dos tons que não enxerga. Participou das coletâneas de contos: Abigail (2011), Dos Medos o Menor (2012) e A Arte de Enganar o Google (2013) – todas pela Terracota Editora. Em 2014, também pela Terracota, lança sua coletânea de contos Remédio Forte. Também bloga em glaubti.wordpress.com E-mail: glaubersoares@terra.com.br

  1. Altas filosofias de um trabalhador digamos…especializado no crime né? Gostei do papo reto! Sem rodeios, nem firulas. Fuiii! Parabéns!

  2. Daniel Lopes

    Gostei bastante da linguagem, não soou forçado. Conto e crítica sutil. Acertou, Glauber, sua escrita mudou bastante desde que nos conhecemos. Parabéns!

  3. Rosaly Maria Stefani Ozorio

    Glauber, personagem bem real! Gostei, abraços, Rosaly

  4. É, truta, o bagulho é louco e o processo é lento!
    Mas tá ligado que tá tudo nos esquema!

  5. Essa parada da linguagem coloquial é muito mais complicado que o que parece. Você é muito bom nisso, Glauber, já tinha visto isso em outros textos. Esse lembrou a temática do Rubem Fonseca, o olhar do bandido, mas vc tem seu estilo próprio, uma dose de humor bacana, e outras coisas. Muito massa!

  6. Conto muito forte, uma boa leitura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: