O Homem e o Tempo

Ilustração: Rogério Guimarães

Em seu leito de morte, Carlos quis voltar atrás. Negociou com o tempo. Realizou todos os seus sonhos, teve a vida passada a limpo.  Quando chegou ao final, ainda não estava satisfeito.  Faltava alguma coisa.   Sempre falta, disse o tempo, enquanto fechava suas pálpebras.

Anúncios

Sobre Rogério Guimarães

Rogério Guimarães nasceu em Santo Antônio da Platina (PR). Gosta de desenhar e tocar violão. Vegetariano não praticante, curte esportes radicais como yoga e tai chi chuan.Busca inspiração para escrever em Pasárgada, Shambhala e na paisagem cosmopaulistana. Participou da antologia de contos Abigail, publicada pela Editora Terracota, e do ebook Geração em 140 Caracteres, editada pela Geração Editorial. Seus próximos livros serão lançados em 2012, se o mundo não acabar.

  1. Sempre falta … quase … as vezes … nem sempre
    Belo texto que não falta talento.
    Belos caminhos.

  2. Belo texto Rogério! A morte, assim como a vida e o amor, sempre trazendo boas histórias.

  3. Rosaly Stefani

    Rogério, mini conto filosófico, pensei no meu existir. Gostei muito da ilustração, parabéns, abraço Rosaly

  4. Plínio, Roseli, Bia, Rosaly, obrigado pela atenção e comentários. Um abraço.

  5. Aline Viana

    Muito bom, Rogério! 😀

  6. José Carlos Malafaia

    A vida… Essa é o próprio tempo… Sem medida. Abraços. José Carlos Malafaia.

  7. Valeu Aline e Malafaia. Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: