p l a t i n a d a

* Foto de Man Ray

de alça e curto

era meu vestido preto feito as botas

um dia acordei e quis star

p l a t i n a d a

nada me tirou isso da retina até que fui

maquiagem pesada, um bar de motoqueiros

meu nome era gina e vinha dos pampas para sampa

sentei e ganhei minha bebidas

no bar e loira eu, gina, era délibáb

barbados tatuados em motos pesadas

eram delicados com meus cabelos de anja

fizeram rituais à loritude de pernas cruzadas

minha mesa homens para loira em lira

rodei em motos de 1100 1500 1800 cilindradas

beijei na boca dos três e chamei um táxi

[protestos veementes!]

ignorados.

uma drag star 650 cilindradas me seguiu

parou o táxi e me convidou pr’sua garupa

rodamos a 130 por hora

tipo capim gordura na boca de égua faminta

paramos a beira da estrada

nos deliciamos com cheiro de dama da noite

em coberta arriada

dias depois

estrelava ruiva


Anúncios

Sobre alesafra

.Autora de DEDOS NÃO BROCHAM, ed Draco e do blogue com mesmo nome

Um Comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: