Xilogravura

Image

Um gato trafega no fio da navalha. O pelo curto e amarelo duplicado no corte da faca. Não matarás… repete um coro ancestral no meu calcanhar de Aquiles. Memória coletiva copiando velhos assassinatos.

Risco o ventre com a ponta da peixeira. Longitudinal. Retalho. Reverso. Umbigo. Meio. Pélvis raspada. Sanguetinta na madeira. Amor de cordel ou tragédia em 3 atos? A boca amordaçada escapa pelos cantos. Os seios escondem as fraturas do peito. Modernistas, famintos. Antropofágicos nos devoramos. Um cão sem costelas come a si mesmo.

A tíbia parte-se em duas enquanto eu esmago a lesma da solidão. Perna amputada. Firmo a prótese e continuo meu caminho. Nu, agora. O pau duro penetrando as madrugadas. Um rastro. Via-Láctea. Restos de esperma no jeans desbotado. A vulva se abre pra mim. Boca de Lobo. Renascimentos nas caudas dos vermes mortos. Os seus olhos parados eram como castanholas sem mãos. Caranguejos roçando pupilas. Não matáras… Gaguejo com a boca em lama.

– O amor é um punheteiro num bar sujo- grita um negro coçando os bagos – dá a bunda em troca de uma tragada.

A sarjeta continua vertendo mijos. Asfaltos em vigília.

       Afia as unhas nas fronhas. Rasgos e lábios arrombados. Faz vergões nas minhas costas na noite íngreme. Xilogravuras de Goeldi. Os pelos atordoam minha língua. Desvio dos buracos profundos. O gozo – líquido amniótico melando as rugas da cara.

      Meus dedos são multiplicados num jogo de espelhos. Borges e sua escuridão inutilizando coisas. Jardins, às vezes, não são bifurcados.

     Seguro o cabo. Posiciono a faca. Vejo o pulso dobrado na lâmina cega.

     Amanheço desparafusando os dias.

Anúncios

Sobre marciabarbieri

Literatura e artes

  1. Anoiteço parafusando as horas!!!

    Belo texto …

  2. Uau!! Marcia seus textos são imagéticos, sensoriais e ao mesmo tempo em que nos soca o estômago, anestesia nossos sentidos e nos leva para uma viagem lírica! Parabéns!

  3. Os jardins… Ah, os jardins!!

  4. Uma riqueza de linguagem e de imagens invejável. Parabéns pelo texto!

  5. Sheila Boesel

    [Um gato trafega no fio da navalha.]

    [Amor de cordel ou tragédia em 3 atos?]

    [Desvio dos buracos profundos.]

    Sempre poética e rica de imagens Márcia!!!

    Abraço!

  6. José Carlos Malafaia

    Asas. Bjs. José Carlos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: